< Insights

DevOps: o que é, por que implantar e qual a sua importância?

  • DevOps

Para começar este artigo da forma mais simples possível, vamos apresentar o DevOps em uma frase: DevOps é a adequação de processos de desenvolvimento (Dev) e operação (Ops) para um ciclo contínuo. Assim, facilita a integração e processos entre os recursos envolvidos e diminui o tempo de resposta e prezando a eficácia e eficiência.

Mas é claro que isso é apenas a ponta do iceberg e existem muitos mais conceitos, ferramentas e práticas que precisam ser estudadas antes de implantar DevOps. Afinal, é algo bem complexo e que muda culturalmente as áreas de uma empresa, por isso deve ser aplicado com uma visão de melhoria contínua.

O que é DevOps 

Além da frase apresentada acima, as práticas de DevOps visam otimizar e se aplicam a cada etapa do processo de desenvolvimento de software, desde o planejamento até a entrega.

Importante ressaltar que há um mito muito comum de que as empresas precisam nascer DevOps e, portanto, não seria possível transformá-la ao longo do tempo, adotando essa filosofia de processos. Isso é um erro. É possível, sim, desde que haja uma mudança cultural, e assim, trazer impactos positivos para o negócio, podendo entregar resultados mais rápidos e consequentemente encantar mais os clientes.

Desenho de um tablet com a escrita "E-book DevOps por que você precisa implantar ou não na sua empresa"

Benefícios do DevOps

Hoje, segundo pesquisa publicada pela Puppet Labs, 63% dos pesquisados que adotaram DevOps em suas empresas conseguem entregar a demanda 30 vezes mais rápido.

Confira alguns benefícios e valores mensuráveis:

  • gerencie o desenvolvimento de forma mais acertada;
  • diminua gaps e bugs;
  • automatize os processos e melhore o relacionamento das áreas;
  • habilite a integração e entrega contínua;
  • diminua consideravelmente o Lead Time;
  • maior qualidade na entrega;
  • menor complexidade de gerência;
  • implementa automação de processos internamente, permitindo maior agilidade nas entregas para os clientes;
  • times mais produtivos;
  • facilita a adesão das metodologias ágeis, que já estarão em consonância com a filosofia implementada pelo DevOps;
  • integração entre os times de desenvolvimento e infraestrutura;
  • facilidade para gerência de ambientes devido às ferramentas de infrastructure as a code.

Alguns valores do DevOps:

  • automação;
  • confiança;
  • cultura;
  • colaboração.

Como se produzia tecnologia antes do DevOps

Antes do surgimento do DevOps, tínhamos o que chamamos atualmente de “TI tradicional” Contudo, são processos burocráticos e que podem trazer sérias consequências, principalmente, para os negócios que tenham pretensão em se adaptarem para a Transformação Digital.

Algumas das principais características da TI antes do DevOps e que influenciavam na produção de tecnologia são:

  • há o incentivo para o surgimento de profissionais especialistas, ou seja, que tenham foco em uma determinada área específica e tenham uma certa dificuldade em dialogar com outras áreas comuns. Era o caso, por exemplo, dos Desenvolvedores, que tinham pouco contato sobre as demandas, necessidades e peculiaridades do setor de Operações;
  • assim, havia pouco incentivo a uma TI multifuncional, de forma que cada um “ficava no seu quadrado”, realizando suas atividades, sem muitos diálogos entre setores;
  • na TI tradicional, as atividades são desenvolvidas em uma velocidade bem menor, de forma a minimizar possíveis instabilidades nos processos produtivos. Com a inserção das metodologias ágeis, esse tipo de comportamento pode levar a atrasos, insatisfação do cliente, entre uma série de outras questões;
  • na TI tradicional, o foco está em reduzir custos finais. Na TI com aplicação de metodologias ágeis , a satisfação do cliente está em primeiro lugar. Ajustes que podem resultar em aumentos de custos são vistos como investimentos importantes e, assim, pode ser interessante em um primeiro momento, não sendo um problema de imediato;
  • o modelo traz uma maior autonomia em comparação com os processos tradicionais, de forma que os times podem realizar as melhorias necessárias e correções sempre que houver oportunidade. Mais uma vez, o foco está na satisfação do cliente e, portanto, quanto mais próximo chegar disso, com celeridade, mais facilmente será possível encantá-lo.

Como adotar um modelo de DevOps

É importante ressaltar um ponto essencial: para que o DevOps funcione adequadamente, é fundamental adaptar a sua empresa para uma nova filosofia cultural. Afinal, trata-se de uma metodologia que muda a estrutura interna da empresa, bem como alguns de seus princípios.

Para isso, é importante pensar em alguns pontos a serem mudados previamente, antes que você implemente medidas mais práticas para rotinas DevOps. Mostraremos mais a seguir.

Implemente um modelo de serviço integrado

A empresa precisa ter a compreensão de que ela é responsável por fornecer a estrutura necessária para atender ao modelo DevOps. E isso perpassa, obviamente, por fornecer um modelo que permita a integração de tarefas.

Na TI tradicional, é comum as divisões estanques, ou seja, cada área trabalha de forma independente, sem muitas trocas no dia a dia. Quando há a mudança no modelo, torna-se possível garantir que os processos atuem de forma integrada.

Assim, o gerenciamento precisa realizar o intermédio entre as diversas camadas existentes nos setores de TI (infraestrutura, segurança, data center, entre outros). Esse gerenciamento não pode ser burocrático, permitindo que as ações entre setores sejam ágeis, incluindo eventuais mudanças internas que precisem ocorrer neste contexto.

Tenha times multifuncionais

Como o DevOps opera com integração de times, é fundamental que os membros do departamento sejam multifuncionais. Assim, cada um terá um entendimento das funções atribuídas a outro setor e poderão atuar de forma colaborativa e integrativa, garantindo maior velocidade e autonomia por parte dos times nas atividades.

Padronização de ambientes

Como estamos falando em integração de processos, alguns pontos precisam passar pela fase de padronização. Não é possível, por exemplo, que o setor de Desenvolvimento opere com determinados modelos de relatórios, baseados em determinados fatos que não dialoguem com as práticas do setor de Operações, ou pode-se gerar gargalos que mais atrapalham que ajudam as atividades internas.

Isso permite, também, uma maior celeridade no acompanhamento dos processos, permitindo que ajustes sejam realizados mais rapidamente, descomplicando as ações necessárias para promover o desenvolvimento seguro das soluções e encantar o cliente final.

Além disso, esse tipo de ação também permite uma maior autonomia nas rotinas internas, fazendo com que seus colaboradores possam ter uma maior facilidade para resolução de questões, gerando celeridade nos processos — algo cada vez mais desejável no ambiente de TI.

Mude a cultura interna da empresa

Como você vê, DevOps é mais que funcional — trata-se de uma cultura. Portanto, é fundamental que você mude a cultura interna da empresa para esse fim. É fundamental que os colaboradores estejam alinhados com novos processos e isso cabe à gestão modificar o que está presente internamente para esse fim.

Como os setores de Desenvolvimento e Operações passam a trabalhar de forma conjunta no dia a dia, torna-se fundamental que os colaboradores, portanto, passem por mais processos de integração internamente e, assim, gerem uma maior sinergia nas atividades internas. Isso vai além de, por exemplo, implementar ferramentas de integração — é preciso fortalecer os laços internos entre os setores.

Como implantar DevOps

Ressaltamos que DevOps não é apenas para atividades com começo, meio e fim. DevOps é uma estratégia com ciclo contínuo que deve ser implantada na cultura das equipes de TI.

Por ser uma mudança cultural e impactar no trabalho dos profissionais, desestabilizando o sistema para uma melhoria contínua é algo complexo de ser feito.

Por isso, algumas companhias optam por adotar parceria com empresas que são focadas e especialistas em implantação de Metodologias Ágeis e DevOps, que tem como premissa formar equipes multidisciplinares com a correta adoção de ferramentas, acelerar a implantação de melhorias de software, automatizar os processos de build e reduzir os erros de forma integrada, levando a uma forte vantagem competitiva nos negócios.

Desenho de uma mão e clicando em engrenagens e ao lado a escrita "E-book Devops e testes automatizados: Porque andam sempre juntos? Ou deveriam.."

Dica extra!

Ao adotar DevOps, você acelera a entrega de novas funcionalidades. Se o processo de garantia de qualidade for manual, ou ele se transformará em gargalo, inviabilizando a aceleração esperada, ou ele será reduzido, diminuindo a qualidade da entrega.

Por outro lado, com testes automatizados, quanto mais vezes eles são executados, maior o número de bugs que eles evitarão. Ou seja, se por um lado testes viabilizam DevOps, por outro DevOps potencializa o retorno sobre o investimento dos testes automatizados.

Em pouco tempo, você colherá os frutos dessa importante decisão: redução do time to market, redução do custo de transição, rapidez na produção, aumento da qualidade da entrega, aumento da previsibilidade, segurança para refactoring, redução do tempo de inovação e consequentemente redução de custos e o aumento da satisfação dos clientes. Tudo isso se traduzindo em maiores lucros para a sua empresa e no seu sucesso pessoal

Vale destacar que a contratação de um profissional ou uma empresa especializada para implementar as práticas DevOps é fundamental, considerando o nível de complexidade do trabalho. Eles serão os responsáveis por adequar a estratégia de negócio através de fluxos de trabalho eficazes, além de garantir a melhor utilização dos softwares adotados.

Ficou alguma dúvida sobre este tema? Deixe nos comentários e responderemos a você.

Sugira um artigo

    Para enviar o formulário é necessário o aceite das políticas.

    Insights do nosso time

    Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.