< Insights

Indicadores e métricas: o que medir e como saber se estou usando o indicador correto?

  • Metodologias

Indicadores e métricas são termos que se relacionam, mas os seus significados são completamente diferentes. Enquanto as métricas são os dados brutos que mensuram determinada ação ou processo, indicadores são medidas calculadas a partir das métricas e servem para analisar e melhorar o desempenho de uma empresa.

Há algum empreendimento que não busque por melhoria contínua dos processos e crescimento? Para alcançar esses objetivos, é essencial que a empresa organize os seus processos de modo que estes forneçam métricas e, por fim, indicadores relevantes que apontem o caminho certo para a organização atingir as suas metas, de acordo com os objetivos de negócio.

Essa, inclusive, é uma das bases dos métodos ágeis, pois a análise de indicadores para as tomadas de decisões estratégicas leva a empresa ao crescimento, diminuindo custos e aumentando a receita.

A relação entre indicadores e métricas

Em todo o planejamento, é importante sempre destacar: “Qual é o próximo objetivo da nossa empresa?”. A partir disso, são criados indicadores e métricas para chegar ao objetivo e resultado esperado. Por mais que tenham significados diferentes, sempre vale ressaltar que esses dois termos estão relacionados.

Quando falamos sobre indicadores e métricas, o assunto é sobre a possibilidade de mensurar, monitorar e gerir estratégias. Portanto, é através dos dois conceitos, mas principalmente dos indicadores, que sabemos quais estratégias devemos seguir, abandonar ou aperfeiçoar.

Indicadores-chave de performance, ou KPIs como também são conhecidos, só existem a partir das métricas. Ou seja, os indicadores mostram de forma numérica o resultado que uma ação está realizando e como é avaliado o desempenho da organização.

Todos os setores de uma empresa devem apresentar indicadores e métricas, já que os mesmos trazem informações quantitativas e qualitativas de resultado e ajudam a direcionar as decisões em busca dos melhores resultados, seja em recursos, gestão de pessoas ou em outros processos.

O que eu preciso medir na minha empresa?

O mercado hoje disponibiliza vários tipos de métricas e formas de rastrear dados que garantem maior controle em relação aos processos de uma empresa. Portanto, as empresas hoje precisam saber exatamente as métricas que precisam ser medidas.

Algumas perguntas-chaves ajudam as empresas a definirem de fato o que precisam medir. Por exemplo, caso o desejo seja tornar as equipes mais produtivas, quais questões precisariam ser respondidas?

  • Quantas entregas são feitas por período?
  • Quanto custa a hora de cada profissional?
  • Quantos profissionais são necessários para desenvolver um projeto?

Gigantes do setor de telecomunicação, por exemplo, esperam mais clientes em X tempo. Para isso, eles precisam analisar quais são os desafios que os vendedores estão tendo e as estratégias utilizadas em cada situação. Um indicador deve, nesse caso, mostrar se a estratégia “A” está gerando um resultado melhor que a soluçãoB”, e assim por diante.

Hoje podemos contar com diversos tipos de indicadores, que podem ser encaixados nas seguintes categorias:

  • Indicadores de produtividade: indica a relação hora/colaborador, ou seja, as atividades que a equipe deve entregar em um determinado período.
  • Indicadores de qualidade: ajuda a entender o nível de aceitação que foi estabelecido.
  • Indicadores de capacidade: este indicador exibe a capacidade máxima de entregas em um determinado período.
  • Indicadores estratégicos: são os indicadores mais importantes para um negócio, em decorrência de um planejamento estratégico e dizem respeito aos objetivos mais amplos da empresa.

Portanto, o uso de indicadores precisa ser algo transparente e que mostre os dados necessários de forma simples e rápida, aumentando a visão dos gestores sobre o business e favorecendo a tomada de decisões estratégicas.

A metodologia ágil ligada aos conceitos de indicadores e métricas

Optar por metodologias ágeis para esse contexto também se trata de uma excelente alternativa, uma vez que a reação será mais rápida após possíveis práticas, permitindo assim que os gestores possam testar novas hipóteses e traçar novas estratégias, caso a atual não esteja apresentando os resultados esperados.

A Objective pode ajudar e apresentar a metodologia ágil que mais se adeque ao seu modelo de negócio e cultura. Nosso objetivo é que a sua empresa possa ter os melhores indicadores e consiga mensurar suas métricas de maneira mais rápida e constante, além de garantir entrega contínua de valor, maior envolvimento dos clientes e facilidade para possíveis mudanças.

Escolher os indicadores e métricas corretas significa lidar com fatores determinantes nas tomadas de decisões, uma vez que os dados apresentados são confiáveis para eliminar possíveis riscos e encontrar soluções que possam colaborar com a produtividade da equipe. Sendo assim, aplicar a metodologia ágil mais adequada ao contexto da empresa pode trazer ganhos ainda maiores do que o esperado, equilibrando eficiência e eficácia, resultando em maior produtividade e ganhos na competitividade.

Para saber mais sobre as metodologias ágeis e escolher o modelo mais indicado para a sua empresa, entre em contato agora mesmo com um dos nossos especialistas.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.