< Insights

Fábrica de software: o que é, como funciona e os benefícios para sua empresa

  • Desenvolvimento de Software

Contratar uma fábrica de software é a solução comum para empresas que optam por terceirizar o desenvolvimento, projeto, reconstrução ou atualização de sistemas.

Neste artigo vamos abordar os conceitos e vantagens para quem está buscando o outsourcing de TI

O que é uma Fábrica de Software?

O conceito existe desde a década de 1960. Basicamente, o objetivo das empresas que trabalham dessa forma é desenvolver aplicações ou sistemas em escala industrial. Ou seja: agilizar demandas, aumentar produtividade e diminuir prazos por meio da padronização de processos e redução da interferência humana.

Normalmente, as empresas desenvolvedoras de software que trabalham dessa maneira atendem variados perfis de clientes, pontuais ou recorrentes.

É importante diferenciar uma fábrica de software da compra de um produto pronto. É natural que a fábrica busque desenvolver sistemas com códigos já prontos e escaláveis, de forma que agiliza o processo, mas isso não interfere na padronização do software, levando em consideração a qualidade exigida. 

Como funciona uma fábrica de software?

Uma fábrica de software conta com profissionais especializados e alguns “modelos” prontos de sistemas, já que as empresas possuem processos parecidos. Assim, é possível ter códigos que são reutilizados como base para os próximos desenvolvimento. 

Em resumo, é como comprar um carro. Ainda que seja possível escolher a cor e personalizar alguns itens, o modelo será como tantos outros produzidos em série.

Vale ressaltar a importância de procurar algum parceiro que acompanhe o mercado e utilize as melhores tecnologias disponíveis e garanta o uso de testes automatizados.

Em geral, uma fábrica de software realiza os serviços de: desenvolvimento de software, integração de sistemas e ferramentas, modernização de sistemas legados, desenvolvimento de aplicativos ou manutenção nos sistemas atuais.

Por que as empresas contratam fábricas de software?

Listamos aqui quatro contexto que as empresas passam e escolhem trabalhar com uma fábrica de software:

1. Quem quer fazer melhorias no sistema

Quando o software já não atende mais às necessidades da empresa, é preciso investir em melhorias para acompanhar o crescimento e inovação da companhia. E isso deve ser feito com o menor impacto possível na rotina da organização.

É aí que os gestores optam pelos serviços de TI terceirizados. Primeiramente, o custo operacional de fazer as melhorias dentro da própria empresa seria muito mais alto. Depois, as melhorias padronizadas tendem a ser concluídas rapidamente.

Isso evita que seja necessário um extenso período de transição, que poderia diminuir a produtividade dos colaboradores.

2. Quem tem sistema legado

Empresas com maior tempo de atuação tendem a ter um sistema legado. Trata-se do banco de dados essencial para a companhia, construído ao longo dos anos. Apesar de serem antigos, esses dados não podem ser perdidos, por exemplo, na mudança para um novo software.

As empresas, então, contratam uma fábrica de software para garantir que essa transição ocorra sem imprevistos. Seja por receio de perder esses dados ou para assegurar que eles ainda possam ser lidos no novo sistema. Para essas empresas, portanto, é importante contar com a garantia de uma transição segura.

3. Quem precisa fazer sustentação do sistema

A sustentação de sistemas consiste na manutenção e atualização contínua do software da empresa. A prática é importante para assegurar o bom funcionamento do sistema, corrigindo erros e bugs que possam surgir. Isso também ajuda a evitar falhas na segurança do programa.

A vantagem de terceirizar esse serviço é a simplificação da gestão. Além disso, dessa forma a sustentação do sistema não depende de apenas dos funcionários, como acontece em algumas empresas. Assim, não existe risco de colaboradores deixarem a empresa e ser necessário treinar um novos profissionais para cuidar dessa área.

4. Quem busca qualidade e redução de custos

De acordo com o PMBOK, uma fábrica de software deverá planejar, garantir e controlar a qualidade do sistema conforme acordado com o cliente. Sendo assim, os profissionais têm a missão de entender a demanda do cliente e montar a arquitetura do sistema que atenda as necessidades específicas de qualquer segmento ou empresa. 

Além disso, o custo e prazo dos softwares entregues por uma fábrica são bem diferentes do que os produzidos internamente. 

Quando um trabalho é terceirizado, é possível que a empresa siga investindo tempo naquilo que faz de melhor, enquanto a fábrica de software garante o aumento da eficiência e eficácia dos processos, é possível reduzir custos operacionais e oferecer serviços flexíveis e inovadores que possam atender a sua demanda e as mudanças necessárias. 

Se você quer entender mais sobre os benefícios e como uma fábrica de software pode ajudar a sua empresa, clique aqui e marque uma conversa com a Objective.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.