< Insights

O que é a cultura DevSecOps e por que é tão necessária?

  • DevOps

DevSecOps foi criado para enfatizar a importância da segurança integrada em todos os níveis e ciclos de uma aplicação. O conceito baseia-se na automatização dos processos de segurança é uma estrutura de colaboração entre equipes que une a segurança aos processos DevOps desde o início em vez de deixar essa função à cargo de um setor separado de segurança da informação. Uma abordagem DevSecOps integrada promove a redução do risco de segurança sem prejudicar os cronogramas ágeis de desenvolvimento.

Definindo o método DevSecOps de forma simples, temos a abreviação de desenvolvimento, segurança e operações. Seu objetivo é tornar todos os envolvidos responsáveis pela segurança, a fim de implementar decisões e ações de segurança na mesma escala e velocidade das decisões e ações de desenvolvimento e operações (DevOps).

Alguns afirmam ser um “upgrade” de DevOps, que busca trazer indivíduos com habilidades diversas e em todas as disciplinas de tecnologia para um cenário de desenvolvimento estruturalmente seguro, desde o teste de possíveis explorações de segurança até a construção de serviços de segurança voltados para os negócios. Nesse cenário, uma estrutura DevSecOps que usa as ferramentas apropriadas garante que a segurança seja integrada aos aplicativos em vez de ser incluída de forma reativa e tardia.

O conceito pode dar a impressão da soma de mais processos, mas para nós a segurança sempre esteve presente no processo, porque garantir um desenvolvimento seguro em todas as fases do ciclo de vida de entrega de um software, com integração contínua é essencial para aumentar a qualidade e fazer releases mais em prazos menores.

Como funciona a aplicação DevSecOps?

Para times que buscam integrar conceitos de segurança em sua estrutura DevOps, o processo pode ser feito como um upgrade, usando as ferramentas e os processos DevSecOps certos. Dessa forma, a automação é implementada em todo o pipeline de entrega de software, eliminando erros e reduzindo ataques e momentos de inatividade.

A cultura DevSecOps conta com alguns componentes, entre eles:

  • Análise de código: Tem o objetivo de entregar o código em pequenos pedaços para identificar vulnerabilidades com maior velocidade.
  • Gerenciamento de mudanças: Permite que qualquer pessoa envie mudanças para em seguida determinar se a mesma é boa ou ruim, aumentando a velocidade e eficiência do projeto.
  • Monitoramento de conformidade: Demanda que a equipe esteja pronta para uma auditoria a qualquer momento, promovendo um estado constante de conformidade.
  • Investigação de ameaças: Identifica ameaças em potencial em cada atualização de código, viabilizando respostas rápidas.
  • Avaliação de vulnerabilidade: A partir do momento que novas vulnerabilidades são identificadas nas análises de códigos, é analisada a velocidade que as mesmas estão sendo respondidas e corrigidas.
  • Treinamento de segurança: Engenheiros de software e TI devem ser treinados com as diretrizes para as rotinas do desenvolvimento e operação.

A rotina de testes constante não só leva a um código mais seguro, mas também evita atrasos e imprevistos, distribuindo o trabalho de maneira previsível e consistente por todo o projeto. Através desse processo, as organizações podem cumprir melhor seus prazos, promovendo maior satisfação aos clientes e usuários finais.

Por que a sua empresa precisa da aplicação DevSecOps?

Na última década o panorama da infraestrutura de TI passou por mudanças significativas e exponenciais, ou seja, cada vez mais rápidas. A mudança para o sistema cloud, armazenamento de dados compartilhados e aplicativos dinâmicos trouxe enormes benefícios para as empresas que buscam crescer utilizando aplicativos e serviços avançados.

No entanto, mesmo com as aplicações DevOps avançando cada vez mais em termos de velocidade, escala e funcionalidade, ainda há em muitos casos gaps de segurança e conformidade robustas. É por essa razão que o termo DevSecOps está ganhando força no ciclo de vida de desenvolvimento de software, deixando mais evidente a seguranda dentro do mesmo “guarda-chuva”.

Procurando sempre as melhores maneiras de implantar malwares e outras explorações, os hackers também estão em constante atualização das suas práticas. Eles podem inserir um malware em um aplicativo ainda no processo de construção e sem que ele seja descoberto até a sua distribuição, afetando a experiência e segurança de milhares de clientes. O dano ao sistema do cliente e à reputação da sua empresa pode ser incalculável e irreversível.

Trazer a segurança para um patamar de igualdade com o desenvolvimento e as operações é uma obrigação para qualquer organização envolvida no desenvolvimento e distribuição de aplicativos e softwares.

Embora o DevSecOps ainda não seja muito colocado em prática, especialmente no Brasil, a abordagem é notoriamente eficaz, principalmente em um momento tecnológico que exige ciclos de lançamento cada vez mais rápidos, com maior segurança às ameaças em evolução e integração contínua dos processos. Portanto, é certo afirmarmos que a aplicação DevSecOps não é apenas um conceito positivo, mas uma metodologia necessária.

New call-to-action

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.