< Insights

Saiba a importância de adotar a visão sistêmica na sua empresa

  • Metodologias
  • Artigo

A visão sistêmica é um conceito que pode ser muito útil para aqueles que buscam transpor os diversos desafios relacionados à gestão empresarial do seu negócio.

Portanto, em uma visão sistêmica, o todo pode ser considerado ao analisar todas as consequências de ações individuais das partes que o compõem. A intenção não é haver um foco específico ou no local, mas sim, em uma visão ampla.

O que é visão sistêmica?

A visão sistêmica pode ser definida como uma capacidade que o profissional tem de enxergar a empresa como um todo e, diante disso, identificar os processos, como funcionam, como os setores se integram, como é a produção e a entrega dos produtos ou serviços ao consumidor e ao mercado..

Pensando nisso de forma mais detida, podemos analisar que quando alguma parte do nosso corpo não funciona bem, isso afeta o corpo como um todo. Assim funciona a visão sistêmica, como um pensamento sistêmico, que consiste na ideia de que cada parte influencia o todo.

Quando nomeamos alguma coisa de sistêmica, estamos afirmando que esse algo é constituído de partes que se influenciam mutuamente. Essas partes podem ser conceitos, valores de uma empresa, ideias, pessoas e processos.

Na obra escrita por Peter Senge, A Quinta Disciplina, o autor define o sistema como “(…) um todo percebido cujos elementos mantêm-se juntos porque afetam continuamente uns aos outros, ao longo do tempo, e atuam para um propósito em comum”.

Portanto, em um sistema todas as partes atuam em conjunto com seu ambiente, fazendo com que o todo funcione de maneira adequada. Por isso que tentar compreender apenas uma parte de todo o sistema pode não dar certo, uma vez que existem dependências de uma determinada parte com as demais. Logo, na visão sistêmica analisamos o processo/problema do começo ao fim, sem limitar qualquer tipo de processo.

A visão sistêmica é aplicada para qualquer coisa, em qualquer situação, pois ela auxilia na identificação e compreensão do cenário completo de uma área ou de um negócio, por meio de análises das partes que o formam. Isto é, seja em qualquer situação e para qualquer assunto, é importante trabalhar de forma dinâmica, harmoniosa e eficiente, a fim de resolver quaisquer pendências.

Qual a importância da visão sistêmica?

A falta da visão sistêmica pode fazer com que o gestor não enxergue as consequências de ações isoladas, tanto em setores quanto em departamentos, em relação ao resultado final.

A importância da visão sistêmica é que através dela os gestores conseguem coordenar melhor todos os projetos, uma vez que eles passam a olhar de maneira interligada como as coisas funcionam. Além disso, ela ajuda a ter mais dinamismo e organização ao realizar as tarefas, possibilitando visualizá-las com clareza e objetividade.

Para os colaboradores da empresa, a visão sistêmica ajuda na compreensão do papel que cada um é responsável por desempenhar e de qual maneira  implica diretamente nos resultados do negócio.

Dessa forma, o trabalho em equipe tende a se fortalecer cada vez mais, pois os funcionários, ao perceberem a importância de seu trabalho, passam a se sentirem motivados para dar o melhor de si.

A visão sistêmica não só permite que os líderes consigam traçar um pensamento visual ou seu caminho para alcançar suas metas e objetivos, mas também contribui para que os trabalhos focados em uma coletividade tragam sucesso para a empresa. Pois, como já vimos, em um sistema todas as partes atuam em conjunto, fazendo com que o todo funcione de maneira adequada. Assim, agentes e fatores cooperam para a evolução contínua, gerando melhoria em todas as frentes da companhia.

Técnicas para aplicar

Agora que você já sabe o que é visão sistêmica e qual a sua importância para o desempenho de uma empresa, saiba quais são as técnicas e habilidades da função sistêmica que você pode inserir no seu negócio:

1- Conheça bem a sua empresa

Para conhecer bem a empresa, é preciso ter a visão do todo para trabalhar na união e integração. Além disso, é preciso pegar as partes separadas e entender que elas atuam no resultado final e, de alguma forma, impactam o propósito.

Sendo assim, quando você entende o propósito de algo, entende o motivo de cada ação e fica claro que todos devem percorrer o mesmo caminho juntos.

Portanto, não tem como iniciar o processo da visão sistêmica se você não acompanha ou não conhece direito como funciona o andamento da empresa. Pois é preciso analisar cada parte da empresa, como se integram os processos internos e como eles se relacionam com o ambiente externo, bem como a compreensão de como circulam as informações, desde seus pontos de origem, até os seus destinos, sendo uma característica de quem possui a competência da visão sistêmica.

2- Estude as metas e objetivos

Ao saber quais são os anseios da empresa, você estará mais ciente sobre os rumos que ela toma e onde pretende chegar.

Saber os valores e a missão do seu negócio fará com que cada parte funcione melhor em busca dos resultados. Logo, as metas e objetivos dos funcionários e empresas devem estar alinhados e caminhar juntos por um objetivo comum.

3- Identifique os obstáculos e sua origem

Vale lembrar que a identificação dos obstáculos faz parte da visão sistêmica. Ao invés de se prender apenas à superficialidade do problema, vá além e busque a sua causa desde a raiz para que nada se repita futuramente.

Por exemplo, quando pensamos em “elevadores demorados”, é natural e automático que esse problema seja direcionado para a área de engenharia, para que eles possam modificar o algoritmo dos elevadores e trocar por elevadores mais rápidos, mas, na verdade, o real problema está na espera que as pessoas levam até os elevadores chegarem. Ou seja, ter elevadores mais rápidos não irá resolver essa questão, portanto, o problema não deve ser direcionado somente aos engenheiros. 

Por isso, é importante identificar o problema a fundo e fazer uma imersão na dor do usuário.

Como garantir que você está aplicando a visão sistêmica?

Portanto, o enfoque sistêmico propõe uma gestão proativa, que consiste em não apenas agir quando os eventos acontecerem, mas poder entender as causas reais na estrutura da organização.

O planejamento e o controle fazem parte da administração do sistema. Tudo isso envolve o planejamento de mudanças e o acompanhamento da execução dos seus planos.Caso você não adote nem uma dessas medidas, não será possível garantir a aplicação de uma visão sistêmica no seu negócio.

A consultoria da Objective está mais que preparada para atender diferentes casos e auxiliar empresas a implantar uma visão sistêmica, identificando oportunidades de evolução de seus produtos e serviços utilizando a estratégia de design centrado no usuário.Se você se interessou pelo artigo sobre a importância de uma visão sistêmica para as empresas e deseja saber mais sobre essa área, conheça nossa Consultoria em Design Thinking para produtos e serviços.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.