< Insights

RPA: como essa tecnologia pode impulsionar a eficiência operacional dos negócios

  • Transformação Digital
  • Artigo

Alcançar eficiência operacional é um desafio constante para as empresas modernas, especialmente aquelas de grande porte. A pressão para otimizar processos, reduzir custos e melhorar a produtividade é cada vez maior em um ambiente de negócios altamente competitivo. Nesse contexto, o RPA surge como uma solução flexível e escalável para as empresas. Isso porque, automatiza tarefas, reduzir erros e acelera a execução de processos. 

Nesse artigo, você descobre como implementar o RPA na sua empresa e todos os benefícios que essa tecnologia pode gerar aos negócios.

O que é Robotic Process Automation (RPA)?

Robotic Process Automation (RPA) é uma tecnologia avançada que utiliza software e bots robóticos para automatizar tarefas repetitivas em sistemas digitais. Essa tecnologia tem como principal objetivo aumentar a eficiência operacional das empresas. Com o RPA, é possível substituir tarefas manuais por automações precisas e rápidas, otimizar processos internos e reduzir custos. Essa tecnologia é flexível, escalável e oferece monitoramento em tempo real, o que permite a automação de processos complexos e a integração com sistemas legados

O RPA é uma solução estratégica para enfrentar desafios operacionais e de eficiência. Isso porque, auxilia na modernização de sistemas, reduz erros humanos e melhora a qualidade dos serviços. Com o uso do RPA, as empresas podem alcançar maior agilidade operacional, otimizar recursos e capacitar equipes para projetos estratégicos. Nesse sentido, impulsiona a inovação e garante valor competitivo para a empresa.

Como funciona a Automação Robótica de Processos?

A Automação Robótica de Processos (RPA) funciona através de softwares robôs que automatizam tarefas repetitivas com base em comandos e regras pré-definidas. Essa tecnologia faz robôs virtuais executarem atividades em sistemas de TI, interagirem com interfaces de usuário, capturarem dados, e executarem ações em diversos sistemas. O RPA é versátil e capaz de trabalhar com aplicativos de desktop, aplicativos web e sistemas legados.

O RPA é baseado em regras e lógicas definidas previamente, o que permite que seja configurado para realizar uma ampla variedade de atividades. Entre os exemplos, é possível destacar o preenchimento de formulários, processamento de dados, integração de sistemas, validação de informações e geração de relatórios.

A grande vantagem da automação com RPA é a alta flexibilidade, que permite ajustes rápidos para atender a mudanças nos processos de negócio. Esse processo não tem a necessidade de alterações no código-fonte dos sistemas envolvidos. A eficiência e agilidade tornam o RPA uma solução ideal para empresas que buscam otimizar seus processos e aumentar a produtividade.

Diferença entre a Automação Robótica de Processos (RPA) e outros processos de automação

A Automação Robótica de Processos se destaca da automação convencional pela sua autonomia. Assim, é necessário entender essa diferença antes de pensar em investir na utilização da RPA. A tecnologia é mais flexível e não requer intervenção humana como a automação tradicional.

É importante observar que a Automação Robótica de Processos também pode executar qualquer tarefa que exija decisões não programadas. Isso porque, pode contar com robôs que utilizam os conceitos da inteligência artificial para decidirem como realizar tarefas sem uma direção programada.

Robotic Process Automation (RPA) e Inteligência Artificial (IA)

O RPA e a Inteligência Artificial (IA) são tecnologias interconectadas relevantes para automação e eficiência operacional. O RPA utiliza robôs virtuais para automatizar tarefas rotineiras. Por outro lado, a IA emprega algoritmos avançados para permitir que as máquinas aprendam, analisem dados e tomem decisões inteligentes. A combinação da RPA com a IA possibilita a automação de processos complexos e aprimora a capacidade de análise e tomada de decisão.

Tipos de Automação Robótica de Processos

Diferentes tipos de RPA têm surgido para atender às demandas específicas das empresas. A seguir, apresentamos detalhes sobre os principais:

RPA assistido

Essa modalidade envolve a colaboração entre humanos e robôs para automatizar tarefas. Os robôs são projetados para trabalhar em conjunto com os funcionários. Desse modo, a tecnologia fornece sugestões, orientações e assistência nas atividades, mas ainda requer a interação humana para a tomada de decisões finais.

RPA autônomo

Nessa forma de RPA, os robôs são programados para operar de forma independente, sem a necessidade de intervenção humana durante a execução dos processos. Os robôs de RPA autônomo são capazes de realizar tarefas complexas e repetitivas. É possível citar como exemplo o processamento de dados, validação, integração de sistemas e tomada de decisões, sem a necessidade de supervisão constante. 

RPA híbrido 

O RPA híbrido combina elementos dos anteriores, ao definir etapas de automação de processos com colaboração entre humanos e robôs e operação autônoma em outras. Os robôs de RPA híbrido são flexíveis e adaptáveis, assim, podem se ajustar às necessidades específicas de cada processo. Para assim, combinar a eficiência da automação com a expertise humana quando necessário. 

Como implementar soluções de RPA na sua empresa?

A implementação de soluções de RPA na empresa pode trazer benefícios significativos em termos de eficiência e produtividade. Para garantir o sucesso dessa implementação, é importante seguir boas práticas. Saiba mais como implementar a seguir:

  • Avaliar os processos: identificar os processos de negócio mais adequados para automação com RPA. Avaliar a complexidade, o volume de tarefas e o potencial de retorno sobre o investimento.
  • Definir os objetivos: estabelecer objetivos claros e mensuráveis para a automação com RPA. Definir indicadores de desempenho (KPIs) para acompanhar o progresso e o impacto nas operações da empresa.
  • Escolha da ferramenta de RPA: selecionar a ferramenta de RPA mais adequada para as necessidades da empresa, considerando recursos, funcionalidades, escalabilidade, custos e suporte técnico.
  • Desenho do fluxo de automação: mapear e desenhar o fluxo de automação, definindo as etapas, a lógica de negócio, as entradas e saídas de dados. Além disso, as interações com sistemas externos.
  • Configuração dos robôs: configurar os robôs de acordo com as regras definidas, incluindo a captura e manipulação de dados. Além disso, a interação com interfaces de usuário, e a execução de ações em sistemas de TI.
  • Testes e validação: realizar testes e validação do fluxo de automação, identificando e corrigindo eventuais erros ou falhas. Garantir que os robôs estejam operando corretamente e gerando os resultados esperados.
  • Implantação e monitoramento: implementar a solução de RPA em ambiente de produção, monitorando continuamente o desempenho dos robôs e dos processos automatizados. Realizar ajustes e melhorias, se necessário, para otimizar a eficiência e a qualidade das operações automatizadas.
  • Treinamento e capacitação: capacitar os colaboradores envolvidos na operação dos robôs de RPA, proporcionando treinamento adequado para o uso da ferramenta e manutenção da tecnologia.

Quais as vantagens da tecnologia Automação Robótica de Processos?

Conheça os principais benefícios dessa tecnologia:

  • Aumento da eficiência operacional: a automação de processos permite a execução de tarefas repetitivas de forma rápida e precisa. Além disso, elimina erros humanos e reduz o tempo necessário para a conclusão de atividades. Esse fatores resultam em maior eficiência operacional.
  • Redução de custos: a automação reduz custos operacionais, uma vez que os robôs podem executar tarefas sem a necessidade de recursos humanos adicionais. Isso também permite a realocação dos colaboradores para atividades de maior valor estratégico para a empresa.
  • Aumento da precisão e qualidade: a tecnologia é programada para executar tarefas de forma consistente, seguindo regras pré definidas e sem erros. Isso resulta em maior precisão e qualidade nas operações automatizadas.
  • Maior velocidade de execução: os robôs de RPA podem executar tarefas em alta velocidade, 24/7, sem a necessidade de pausas ou descanso. Assim, acelera o tempo de execução de processos e aumenta a produtividade.
  • Flexibilidade e escalabilidade: a tecnologia de RPA permite a automação de uma ampla gama de processos, em diferentes setores e departamentos da empresa. Além disso, é possível escalar a automação de acordo com as necessidades da empresa.
  • Integração com sistemas legados: O RPA é capaz de se integrar com sistemas legados e outras aplicações existentes na empresa. Esse processo não necessita de alterações ou substituições desses sistemas, o que facilita a implementação da automação em ambientes empresariais complexos.

Se você está considerando implementar Automação de Processos Robóticos (RPA) em sua empresa, entre em contato com os especialistas da Objective. Nossa equipe pode auxiliá-lo na identificação de oportunidades de aplicação da RPA em seus negócios e fornecer orientações estratégicas para garantir uma implementação bem-sucedida. Entre em contato conosco agora mesmo.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.