< Insights

Business Intelligence (BI), Business Analytics e Machine Learning: Entenda a correlação entre esses temas

  • Transformação Digital
  • Artigo

Muito do sucesso de uma empresa depende das tomadas de decisões e dos métodos escolhidos em todos os setores desse negócio. O business intelligence é uma estratégia feita para que esse sucesso seja alcançado por meio da coleta e da análise das diversas informações e dados que uma empresa gera diariamente.

O que é business intelligence (BI)?

Business Intelligence é um termo em inglês, e pode ser traduzido para “inteligência de negócios”. Essa é uma estratégia criada para diminuir os erros dos projetos empresariais, tornar as tomadas de decisões mais fáceis e fazer com que a empresa consiga atingir seu máximo potencial de lucros.

Para conseguir essas metas, o business intelligence propõe coletar dados e informações relevantes para a administração e gestão de empresas, para analisar futuramente tudo que foi colhido e, a partir daí, definir as novas diretrizes, planos e estratégias da empresa de maneira mais certeira e específica. 

A história do conceito de business intelligence

O business intelligence surgiu em 1960, o seu principal objetivo era compartilhar informações entre empresas amigáveis a fim de usufruir do potencial total delas. Com o passar do tempo, esse conceito e a forma de colocar essa estratégia em ação foi sendo polida, e hoje ele funciona mesmo com a função de usar esses dados para determinar os planos de ações de forma certeira. 

Como funciona o business intelligence?

Todo o processo de business intelligence funciona a partir de etapas. São, de forma geral, quatros passos fundamentais dentro dessa estratégia: a coleta, a análise de dados, o compartilhamento e, por fim, o monitoramento. Veja a seguir: 

Coleta

Na primeira fase, a coleta, é o momento de  selecionar quais os tipos de dados e informações são importantes para a determinação da estratégia. Aqui, deve-se considerar que os dados sejam acessíveis, auditáveis e acionáveis. Ou seja, antes de apenas definir o que consolidar, pense na capacidade de coletar o dado e o quão disponível ele está para você, caso não seja viável, não faz sentido manter. 

A confiança em que o dado está correto parece algo simples, mas quanto maior a complexidade de extrair os dados para entender no detalhe o que eles nos dizem, mais complexo de ter um dado 100% correto. 

E por fim o que já citamos, que é a capacidade da métrica estar alinhada ao objetivo estratégico da empresa. O momento da coleta também é uma fase de limpeza, apagando todas as informações armazenadas que já não servem para mais nada.

Análise de dados

A análise de dados ainda não é, de fato, a interpretação dessas informações. Aqui é momento de definir quais serão as métricas utilizadas para, além de coletar os dados, fornecer um dashboard (um quadro com alguns resumos e explicações do que quer dizer as informações guardadas) e conseguir, assim, consultar o que foi colhido. 

Compartilhamento

Todo esse processo do business intelligence não pode ser feito de forma particular em uma empresa. Ou seja, todos os setores e colaboradores precisam estar trabalhando juntos para que essa estratégia realmente dê resultados. O compartilhamento é a fase em que os dados e as informações serão encaminhadas para os setores responsáveis. 

Monitoramento

O monitoramento é o último passo do business intelligence. Esta é a fase em que os gestores irão acompanhar os resultados dos dados que foram colhidos. É o momento de começar a interpretar o que essas informações querem dizer, entretanto, mesmo com essa análise inicial, ainda não é hora de analisar a fundo todas as implicações desse processo. Essa atividade é feita por meio da business analytics.

Qual é o principal objetivo do Business Intelligence?

O business intelligence tem três principais objetivos. O primeiro deles é o de verificar o que na empresa pode estar gerando problemas para a execução do trabalho e, de uma forma ou outra, fazendo com que esse negócio não consiga atingir o maior lucro possível. Com a identificação dos fatores que podem ser um problema, é possível pensar em maneiras de resolver isso. 

Após a verificação do que pode ser um problema na empresa, será possível tomar decisões que sejam mais certeiras e que façam com que esse negócio consiga avançar no mercado empresarial. Essas escolhas tentarão sempre desviar dos fatores que causam problemas ao funcionamento pleno do negócio, com foco em fazer todos os setores trabalharem juntos. 

O terceiro e último objetivo principal é o de entender se os projetos já executados na empresa estão funcionando ou quais foram as verdadeiras consequências e contribuições para o sucesso do negócio. Essa é uma maneira de definir os projetos que continuarão em andamento e quais serão finalizados. 

Quais são os benefícios do Business Intelligence? 

O principal benefício do business intelligence é que ele faz com que a empresa pare de apostar em planos e estratégias que gastam dinheiro e que não trazem os resultados esperados. Esse benefício em específico ajuda a empresa a alavancar em muitos outros setores, pois suas ações e planejamentos terão mais chances de funcionar.

Mas o BI possui vários outros benefícios, um de grande destaque também é a possibilidade de entender melhor o mercado e seus clientes, sabendo onde apostar seus recursos e esforços para melhoria, demonstrando então uma vantagem competitiva e identificação de oportunidades de melhorias.Tudo que gera um grande aumento na lucratividade da empresa como um todo. 

Implemente o business intelligence na sua empresa.

É muito positivo que a implementação do business intelligence em uma empresa aconteça de maneira integrada, ou seja, todos os colaboradores precisam entender o que está acontecendo e saber como colocar isso em ação. É legal investir em tecnologias, softwares que ajudam no processo de coleta de dados e interpretação deles e, por último, é um benefício investir em profissionais especializados nesse serviço, para que ele seja eficaz. 

O business intelligence pode ser feito de forma automática, através do uso de softwares, ou de forma manual. Dentro do contexto atual, onde a tecnologia cresce progressivamente, é primordial que a empresa escolha investir em softwares que ajudem a coletar esses dados e os interpretar, diminuindo os erros e tornando essas análises mais precisas. 

É interessante que a empresa procure por softwares que tenham o melhor custo benefício para sua realidade. Se o investimento em tecnologia não for possível, crie seus próprios relatórios com as métricas KPIs para que os próprios colaboradores as preencham. Uma outra estratégia que pode ser usada é a consulta aos clientes, procurando por feedbacks e a gestão de desempenho. Ou até mesmo o uso de ferramentas gratuitas disponibilizadas pela internet.

Business intelligence, business analytics e machine learning: como os conceitos se complementam? 

Mesmo sendo conceitos diferentes, o business Intelligence, business analytics e o machine learning são três estratégias que podem ser usadas em conjunto em uma empresa para atingir seus objetivos e melhorar o funcionamento interno do negócio, usando de todos os benefícios da tecnologia. É bem interessante entender e conhecer mais sobre esses métodos. 

O Business Intelligence visa coletar e analisar um determinado conjunto de dados de forma a compreender o cenário, fazer previsões, minimizar riscos e preparar estratégias para o negócio. O Business Analytics, por sua vez, complementa o B.I. e traz uma análise mais precisa e profunda de seus dados, ele te dá um olhar para o futuro e procura fazer previsões assertivas. Por último, machine learning é a tecnologia que permite que computadores aprendam e prevejam respostas esperadas através de associações de diferentes dados.

Esses três conceitos se juntam quase que como um passo a passo dentro da implantação desse tipo de estratégia que envolve tecnologia e uso de padrões. Primeiro, coleta-se os dados pelo business intelligence, olhando passado e presente, depois os analisando com business analytics, com foco no futuro, e então automatizar esse tipo de inferência com o uso de machine learning. 

Agora que você já sabe um pouco sobre Business Intelligence e sua relação com Business Analitycs e Machine Learning, continue vendo nossos insights para saber ainda mais sobre temas que irão te ajudar na sua gestão da sua empresa.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.