< Insights

Conheça o impacto da visão sistêmica para a tomada de decisão estratégica

  • Metodologias
  • Artigo

No cenário empresarial dinâmico e complexo dos dias atuais, a tomada de decisões estratégicas é um dos principais desafios da liderança corporativa. Nesse contexto, a visão sistêmica emerge como uma ótima metodologia, que permite uma compreensão mais profunda e abrangente das interconexões e interdependências que moldam o ambiente de negócios. 

De acordo com pesquisas do Instituto de Estudos Estratégicos, empresas que incorporam princípios de visão sistêmica em seus processos de tomada de decisão estratégica experimentaram, em média, um aumento de 20% na eficácia de suas estratégias em relação aos concorrentes que adotam abordagens mais tradicionais. Essa estatística ressalta a importância de transcender a análise fragmentada e linear, buscando compreender as complexas redes de influências que permeiam o ambiente empresarial.

Nesse artigo, exploraremos os mecanismos pelos quais a visão sistêmica influencia positivamente a formulação e execução de estratégias, destacando casos exemplares de empresas que transformam desafios em oportunidades através dessa abordagem inovadora.

O que é visão sistêmica?

A visão sistêmica é uma abordagem que permite entender as relações de forças que regem processos, organizações, fenômenos e outras interações complexas. 

Segundo essa visão, o todo deve ser levado em consideração ao se analisar as consequências de ações individuais das partes que o compõem. Assim, não há um foco no local ou no específico, mas uma visão geral e ampla. Dessa forma, cada ação deve ser analisada de maneira a se levar em conta todas as reações que desencadeiam no sistema de interrelações como um todo. 

Levando isso em consideração, podemos estender esse conceito para a visão sistêmica da empresa na administração, que leva em conta as partes em função do todo, isto é: a visão é panorâmica, em que se entende como cada detalhe se relaciona entre si e influencia toda a organização. 

Para que você possa entender o que é visão sistêmica da empresa, imagine que a sua empresa é um corpo humano. Cada departamento é um órgão importante deste organismo que é a sua empresa. Os funcionários são as células que compõem os órgãos. Apesar de cada um ter funções específicas, eles precisam atuar juntos para manter o corpo humano saudável e de pé. 

Analogias à parte, o que você precisa entender é que ter uma visão sistêmica da empresa significa compreendê-la como um todo. É analisar todas as partes e perceber que aqui, assim como no corpo humano, elas se encontram interligadas. Uma visão sistêmica permite identificar como cada processo funciona e como cada setor interage entre si. Ela possibilita também entender a relação entre os ambientes interno e externo da organização e como eles interferem nas engrenagens da empresa

Quais são as principais características da visão sistêmica?

A visão sistêmica é caracterizada por diversos princípios e abordagens que enfatizam a compreensão holística de sistemas complexos. Aqui estão algumas das principais características da visão sistêmica:

Interconexão

Reconhecimento de que os elementos dentro de um sistema estão interligados e que as mudanças em um elemento podem afetar outros. Não se trata apenas de partes isoladas, mas das relações entre elas.

Interdependência

Compreensão de que as partes de um sistema dependem umas das outras para o funcionamento eficiente do todo. Mudanças em uma parte do sistema podem ter impactos significativos em outras partes.

Pensamento holístico

Abordagem que busca entender o sistema como um todo, em vez de analisar apenas partes isoladas. Isso envolve considerar as relações entre as partes e como elas contribuem para os objetivos e funcionamento globais.

Causa e efeito não-linear

Aceitação de que as relações de causa e efeito podem ser não-lineares e complexas. Uma mudança em uma parte do sistema pode ter efeitos imprevisíveis e não proporcionais em outras partes.

Feedback

Reconhecimento da importância do feedback dentro do sistema. Isso envolve entender como as informações são retroalimentadas no sistema e como esse feedback influencia o comportamento global.

Adaptação e mudança

Compreensão de que os sistemas são dinâmicos e estão sujeitos a mudanças. A visão sistêmica promove a capacidade de adaptação e a compreensão de como as mudanças podem afetar o sistema.

Ênfase na contextualização

Consideração do contexto em que o sistema opera. A visão sistêmica reconhece que o mesmo sistema pode se comportar de maneira diferente em contextos diferentes.

Abstração de detalhes

Foco nos padrões e princípios subjacentes, muitas vezes envolvendo a abstração de detalhes específicos para entender as estruturas e dinâmicas gerais do sistema.

Pensamento circular

Evitar o pensamento linear e causal, promovendo uma compreensão de que os eventos podem ter efeitos circulares, onde causas e efeitos estão entrelaçados.

Visão de longo prazo

Consideração dos impactos a longo prazo das ações e decisões dentro do sistema. A visão sistêmica incentiva a antecipação de consequências a longo prazo em vez de focar apenas em benefícios imediatos.

Essas características trabalham em conjunto para proporcionar uma abordagem abrangente e integrada na compreensão e gestão de sistemas complexos em diversos campos.

Os principais benefícios da visão sistêmica para os negócios

A aplicação da visão sistêmica no ambiente de negócios e na tomada de decisão estratégica oferece uma série de benefícios significativos. Aqui estão alguns dos principais ganhos associados a essa abordagem:

Antecipação de consequências

Ao considerar as interações complexas dentro de um sistema, os tomadores de decisão podem antecipar melhor as consequências de suas escolhas a curto e longo prazo, ajudando a evitar e mitigar possíveis impactos negativos.

Melhoria na resolução de problemas:

A abordagem sistêmica facilita a identificação das verdadeiras causas de problemas complexos, permitindo uma abordagem mais eficaz na resolução de questões empresariais.

Adaptação a mudanças

Sistemas empresariais estão constantemente sujeitos a mudanças. A visão sistêmica promove uma mentalidade adaptativa, tornando possível que as organizações respondam mais eficientemente a mudanças no mercado, na tecnologia e em outras variáveis.

Melhoria na eficiência operacional:

Ao compreender como as partes de um sistema se relacionam, as organizações podem otimizar processos e operações, melhorando a eficiência e reduzindo redundâncias.

Inovação sustentável

A visão sistêmica incentiva a inovação sustentável, uma vez que considera o impacto ambiental, social e econômico das práticas comerciais. Isso pode levar a estratégias de negócios mais responsáveis e duradouras.

Melhoria na gestão de riscos:

Uma compreensão mais profunda das interações no sistema permite uma melhor gestão de riscos, identificando áreas sensíveis e preparando a organização para lidar com possíveis desafios.

Foco em soluções integradas:

Em vez de abordagens fragmentadas, a visão sistêmica incentiva a busca por soluções integradas que consideram o impacto global de decisões específicas, promovendo sinergias entre diferentes partes da organização.

Tomada de decisão mais informada:

Ao levar em conta uma variedade de fatores e suas inter-relações, os líderes podem tomar decisões mais informadas e estratégicas, alinhadas com os objetivos globais da organização.

Competitividade sustentável:

Empresas que adotam a visão sistêmica estão melhor posicionadas para enfrentar a concorrência, uma vez que são capazes de se adaptar mais rapidamente às mudanças no ambiente de negócios e identificar oportunidades de inovação.

Visão sistêmica no desenvolvimento de software

No âmbito do desenvolvimento de software, a aplicação da visão sistêmica emerge como uma ferramenta valiosa para a identificação e gestão abrangente de riscos de segurança em toda a organização, transcendendo as limitações de um departamento específico. 

Além disso, a abordagem sistêmica pode ser instrumental na análise de interações entre as distintas partes do sistema, como hardware, software, usuários e dados. Essa análise profunda pode ser efetuada por meio de uma metodologia de desenvolvimento de software centrada no usuário, que leva em conta as necessidades e expectativas dos usuários finais. 

A visão sistêmica pode ser aplicada no desenvolvimento de software em diversas etapas, desde a análise de requisitos até a implantação do sistema.

Na análise de requisitos, a visão sistêmica pode ajudar a identificar os requisitos funcionais e não funcionais do sistema. Os requisitos funcionais definem o que o sistema deve fazer, enquanto os requisitos não funcionais definem como o sistema deve se comportar.

A visão sistêmica também pode ajudar a identificar os requisitos implícitos, que não são explicitamente declarados pelo usuário, mas são necessários para que o sistema atenda às suas necessidades.

Na fase de design, por exemplo, a visão sistêmica pode ajudar a projetar um sistema que seja eficiente, eficaz e seguro. Os desenvolvedores podem usar a visão sistêmica para identificar as interdependências entre as partes do sistema e garantir que elas funcionem de forma harmoniosa.

Já na fase de implementação, a visão sistêmica pode ajudar a evitar erros e problemas de integração. Os desenvolvedores podem usar a visão sistêmica para garantir que as partes do sistema sejam implementadas de forma consistente e que funcionem corretamente juntas.

E por fim, na fase de teste, a visão sistêmica pode ajudar a identificar falhas e bugs que podem afetar todo o sistema. Os desenvolvedores podem usar a visão sistêmica para testar o sistema em diferentes cenários e condições.

Ao aplicar essa metodologia ao desenvolvimento de software, você cria um ambiente propício para a entrega de sistemas mais robustos, flexíveis e alinhados com as necessidades e expectativas dos usuários e stakeholders envolvidos.

Podemos sinalizar alguns benefícios como:

Melhor qualidade do produto

A visão sistêmica pode ajudar a garantir que o sistema atenda às necessidades do usuário e que seja eficiente, eficaz e seguro.

Redução de custos

A visão sistêmica pode ajudar a evitar erros e problemas de integração, o que pode reduzir os custos de desenvolvimento e manutenção do sistema.

Maior satisfação do usuário

 A visão sistêmica pode ajudar a criar sistemas que atendam melhor às necessidades dos usuários, o que pode levar a uma maior satisfação do usuário.

Integração entre DevSecOps e Visão Sistêmica

Como falamos nos tópicos anteriores, a abordagem da visão sistêmica proporciona uma perspectiva abrangente da empresa, examinando cada agente e situação que a compõem. Por outro lado, o DevSecOps busca integrar a segurança em todas as fases do ciclo de vida do desenvolvimento de software. Embora inicialmente possam parecer distintos, esses dois enfoques apresentam uma conexão significativa.

Ao aplicar a visão sistêmica no contexto do DevSecOps, é possível identificar e gerenciar os riscos de segurança em toda a organização, transcendendo as limitações de um departamento específico. Isso assegura que a segurança seja incorporada em todas as etapas do ciclo de vida do desenvolvimento de software, desde o planejamento até a implementação e manutenção. 

Além disso, essa metodologia contribui para a identificação e gestão abrangente de riscos de segurança em toda a organização, ampliando sua eficácia para além de departamentos isolados.

A abordagem pode ser aplicada a empresas de todos os tamanhos e setores. Separamos um exemplo específico de como a integração entre visão sistêmica e DevOps pode ser aplicada:

Uma empresa de software está desenvolvendo um novo aplicativo de e-commerce. A empresa usa a visão sistêmica para identificar as necessidades de segurança do aplicativo. A empresa também usa essa metodologia para entender as necessidades de negócios do aplicativo. A empresa usa essas informações para desenvolver um processo de desenvolvimento e implantação contínuo que garante que o aplicativo seja desenvolvido e implantado de forma segura e que atenda às necessidades dos usuários e dos negócios.

Já existem casos reais de empresas que conseguiram resultados satisfatórios com a integração entre DevSecOps e visão sistêmica, como a Amazon, por exemplo, que usou a integração entre visão sistêmica e DevOps para reduzir o tempo de lançamento de novos recursos em 50%.

Melhores práticas para implantar a visão sistêmica

A implementação da visão sistêmica em uma grande empresa requer uma mudança cultural. A empresa precisa mudar a forma como pensa e opera, para que possa ver o mundo como um todo, composto de partes interdependentes. Aqui estão algumas melhores práticas e dicas para iniciar esse processo:

Comprometimento da alta direção

Iniciar uma mudança cultural requer o comprometimento da alta direção. A liderança deve entender os benefícios da visão sistêmica e demonstrar apoio ativo para garantir a adesão de toda a organização.

Educação e treinamento

Proporcionar treinamento em visão sistêmica para os funcionários em todos os níveis. Isso inclui workshops, palestras e recursos educacionais que ajudem a equipe a entender os princípios e as práticas da visão sistêmica.

Compreensão do ecossistema organizacional

Realizar uma análise abrangente do ecossistema organizacional. Identificar partes interessadas, processos, interconexões e dependências para obter uma visão clara de como a organização opera como um todo.

Definir metas claras

Estabelecer metas claras relacionadas à implementação dessa metodologia. Isso pode incluir melhorias na eficiência, na comunicação interdepartamental, na inovação ou em outras áreas específicas que a organização deseja aprimorar.

Fomentar a comunicação aberta

Promover uma cultura de comunicação aberta e transparente. Incentivar a troca de informações entre as equipes e departamentos para que todos tenham uma compreensão mais abrangente do impacto de suas ações no restante da organização.

Design organizacional flexível

Estruturar a organização de maneira flexível e modular, permitindo a fácil adaptação a mudanças. Isso inclui processos ágeis, equipes multifuncionais e uma mentalidade de aprendizado contínuo.

Reconhecimento e incentivos

Reconhecer e recompensar práticas que promovam a visão sistêmica. Isso pode envolver sistemas de reconhecimento, programas de incentivo e promoção de líderes que demonstram efetivamente essa abordagem.

Iteração e melhoria contínua

Adotar uma mentalidade de melhoria contínua. Isso implica em avaliar regularmente os processos e resultados, identificar áreas de oportunidade e ajustar as práticas conforme necessário.

Promover a colaboração interdepartamental

Incentivar a colaboração entre departamentos. Isso pode ser alcançado por meio de projetos interdepartamentais, eventos de integração e sistemas de comunicação que facilitem a troca de informações.

Avaliação de resultados

Implementar métricas e indicadores de desempenho que reflitam a eficácia dessa metodologia. Monitorar regularmente esses indicadores para avaliar o progresso e fazer ajustes conforme necessário.

Lembre-se de que a mudança cultural leva tempo, e a implementação da visão sistêmica deve ser considerada um processo contínuo. Começar com pequenas iniciativas, envolver a equipe e mostrar resultados tangíveis pode ajudar a criar momentum e apoio para a mudança ao longo do tempo.

A Objective conta com um time de consultoria em governança de negócios e tecnologia especialista em alavancar empresas nesse cenário de mudança cultural, trabalhando lado a lado com os parceiros, e capacitando-os para garantir a adoção bem-sucedida das melhorias. Converse conosco e veja como podemos apoiar para o sucesso da visão sistêmica em sua empresa.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.