< Insights

Behavior Driven Development (BDD): saiba como aplicar, quais as fases e os benefícios

  • Testes Automatizados
  • Artigo

Behavior Driven Development (BDD) é uma prática de desenvolvimento ágil que está inserida no contexto da crescente demanda por softwares que atendam às expectativas dos usuários. Anteriormente, o desenvolvimento de software era orientado apenas para as funcionalidades técnicas, o que muitas vezes levava a soluções que não correspondiam às necessidades dos usuários. Isso resultava em produtos de software que eram difíceis de usar, pouco intuitivos e que muitas vezes não atendiam aos requisitos de negócio.

Nesse artigo você irá conhecer mais sobre BDD, seus benefícios e como aplicar essa prática na sua empresa!

O que é o Behavior Driven Development (BDD)?

Behavior Driven Development (BDD) é uma prática de desenvolvimento de software que se concentra em definir o comportamento esperado de um software antes que ele seja realmente desenvolvido. Basicamente, o BDD tem como objetivo melhorar a colaboração entre desenvolvedores, analistas de negócios e stakeholders, para que todos possam ter uma compreensão clara das expectativas em relação ao software.

O processo começa com um alinhamento entre a visão de negócios e a parte técnica para definir o que é necessário. Em seguida, são criados os cenários que descrevem como o software deve se comportar em diferentes situações. Para aplicar eficientemente o BDD, é necessário descrever os cenários em linguagem natural, de modo que todas as partes envolvidas no projeto possam compreendê-los facilmente. Depois que os cenários são escritos, o time de desenvolvimento inicia os trabalhos de codificação com apoio dos cenários. O ideal é que o desenvolvedor além de produzir o código, também produza um teste automatizado que atenda as regras previstas no cenário produzido.

Com o BDD, a equipe de desenvolvimento pode garantir que o software desenvolvido atenda às expectativas do usuário final e seja entregue com um alto nível de qualidade. Além disso, o BDD ajuda a identificar o mais cedo possível os problemas no ciclo de desenvolvimento, o que pode economizar tempo e dinheiro a longo prazo. 

Quais os benefícios do BDD?

O Behavior Driven Development (BDD) é uma técnica de desenvolvimento de software que oferece diversos benefícios. Ao utilizar cenários de comportamento esperado, o BDD ajuda a melhorar a colaboração, aumentar a qualidade do software, reduzir erros e garantir uma experiência positiva para o usuário final. Conheça outras vantagens a seguir:

Conhecimento compartilhado: Com o trabalho em equipe incentivado por essa prática, desenvolvedores e testadores compartilham conhecimentos. Isso garante projetos mais abrangentes e complexos.

Documentação dinâmica: O BDD facilita a criação de documentos dinâmicos. As equipes podem criar documentos de forma mais fácil e rápida. Além disso, é possível publicar relatórios em formato HTML para facilitar a consulta.

Comunicação do time: Com BDD, desenvolvedores e testadores têm uma conexão estreita. Isso incentiva a comunicação e colaboração entre as equipes.

Feedback: O uso do BDD permite que os desenvolvedores obtenham feedback mais rápido. Isso ocorre porque essa prática garante que todas as equipes compartilhem um entendimento comum do programa.

Testes mais baratos: O BDD facilita a criação de casos de teste que abrangem todos os aspectos do aplicativo. Isso torna as avaliações mais eficientes e econômicas. Além disso, é mais fácil automatizar testes funcionais e não funcionais.

Código de qualidade: O BDD permite a criação de código autossuficiente, que é facilmente testado, estável e escalável desde o início do desenvolvimento do produto.

Como o Behavior Driven Development é aplicado e quais são suas fases?

Com o objetivo de aplicar o processo de BDD de forma eficiente, é necessário seguir uma ordem específica, que inclui quatro etapas distintas. Para equipes que buscam entregar um trabalho de alta qualidade de forma ágil, recomenda-se automatizar os testes tanto no nível funcional quanto no nível da unidade, o que permite que os desenvolvedores foquem na funcionalidade do software. Conheça as quatro fases a seguir:

Descoberta: nessa fase, o Product Owner (PO) explica a história e a visão geral do negócio. A equipe utiliza o processo de discussão do BDD para reunir exemplos de usuários e entender como a função fornecida é usada, identificando problemas e possíveis novas regras de negócios.

Definição: após a fase de descoberta, a equipe faz perguntas para determinar quais regras, critérios de aceitação ou novas histórias podem ser criadas. O esclarecimento dessas ideias ocorre por meio do diálogo entre os participantes.

Formalização: nessa fase, todas as questões discutidas são formalizadas com uma definição, criando um documento que contém todas as notas reunidas em um idioma neutro. A linguagem Gherkin é geralmente recomendada ao criar critérios de aceitação.

Entrega: Após pesquisar e testar a história, a equipe de desenvolvimento apresenta ao Product Owner (PO) para validação. Em seguida, a história validada é utilizada durante a revisão da produção do projeto para garantir que o produto corresponda aos padrões estabelecidos. Logo após a promoção do aplicativo para o ambiente de produção, ocorre o monitoramento da funcionalidade para coletar feedback do cliente sobre o uso do aplicativo.

A relação entre BDD e TDD

O Behavior Driven Development (BDD) e o Test Driven Development (TDD) são práticas que têm um grande impacto no desenvolvimento de software. Embora sejam semelhantes, eles diferem em suas abordagens. 

O BDD se concentra no comportamento do software e nas interações do usuário, enquanto o TDD se concentra nos testes unitários. O BDD promove uma linguagem clara e concisa para escrever as especificações, tornando-as compreensíveis tanto para os clientes quanto para os desenvolvedores. Em contraste, o TDD se concentra mais na automação dos testes unitários, o que permite que os desenvolvedores se dediquem à funcionalidade do software.

Apesar de suas diferenças, BDD e TDD trabalham juntos para garantir que o software seja desenvolvido de forma eficiente e com qualidade. O BDD fornece a estrutura para as especificações e cenários de teste, enquanto o TDD fornece a estrutura para os testes unitários. A integração do BDD e TDD garante que o desenvolvimento do software esteja de acordo com as especificações do usuário e que o código funcione adequadamente em todos os níveis.

Isso é particularmente importante para equipes que desejam entregar um produto final de alta qualidade de forma ágil. Essa prática é essencial para equipes que buscam entregar um trabalho de alta qualidade de forma ágil. Além disso, permite uma melhor colaboração entre as equipes de desenvolvimento e os clientes ou usuários finais do software.

A importância da automação de testes no processo de Behavior Driven Development

A automação de testes é essencial no processo de BDD, pois garante a eficiência e precisão dos testes realizados. Com a automação, é possível testar cenários complexos de forma rápida e consistente, além de reduzir a chance de erros humanos que podem comprometer a qualidade do produto final.

Além disso, a automação de testes contribui para a documentação do software, uma vez que os testes automatizados servem como exemplos vivos de como a aplicação deve funcionar. Isso pode ser muito útil para futuras manutenções ou para a integração de novas funcionalidades, já que os desenvolvedores têm acesso a um conjunto de testes que validam o comportamento esperado do sistema.

Por fim, a automação de testes também permite a criação de uma cultura de qualidade no processo de desenvolvimento de software, uma vez que incentiva a equipe a escrever testes automatizados de forma consistente e a monitorar a qualidade do software de forma contínua. Isso pode resultar em um produto final mais confiável e satisfatório para os usuários.

Quer otimizar a eficiência do desenvolvimento de software em sua empresa? Converse com nossos especialistas sobre a aplicação do BDD e saiba como a Objective pode ajudar a alcançar resultados mais efetivos e assertivos em seus projetos de software.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.