< Histórias de sucesso

Modernização de sistemas garante escalabilidade e eficiência para líder global no mercado de benefícios e incentivos

  • Squads ágeis

O avanço da tecnologia tem gerado a necessidade de muitas empresas modernizarem seus sistemas. Isso porque, novos serviços e funcionalidades estão sendo demandados pelo mercado. Nesse sentido, essas aplicações inicialmente desenvolvidas em modelos antigos não conseguem acompanhar esse ritmo. Além disso, existem muitas limitações em manter esses sistemas fora da nuvem, o que impede, por exemplo, o ganho de escala e eficiência de muitos negócios na era digital. 

Desafio

Um dos clientes da Objective, líder no mercado de benefícios e incentivos, tinha o desafio de modernizar seu sistema de vendas e gestão de benefícios e sua plataforma de gestão interna, que engloba desde o atendimento ao cliente, gestão de pagamentos à prestação de serviços. Nesse sentido, migrar suas infraestruturas on-premises para a nuvem e substituir as linguagens e bibliotecas depreciadas por tecnologias mais atuais. 

Essa evolução era necessária visto que a empresa buscava agregar novos recursos e funcionalidades que as aplicações monolíticas não permitiam, além disso, aumentar a eficiência dos processos, ganhar escalabilidade com a possibilidade de atualizar os sistemas sem impacto na sua disponibilidade e garantir velocidade na resposta ao mercado.

Solução

A solução encontrada pela Objective foi a modernização desses sistemas para uma arquitetura modular que utiliza microsserviços. Essa mudança possibilita a execução de novas ferramentas na nuvem. Além disso, o projeto adotou os princípios de clean code e as boas práticas de clean architecture que separam o software em camadas e permitem atualizações independentes.

O processo de modernização dos sistemas teve como primeiro passo a análise da situação atual. Logo, foram identificadas todas as bibliotecas depreciadas e vulneráveis, foram feitos testes de carga na infraestrutura e uma avaliação do esforço e dificuldade de atualizar tanto as versões das bibliotecas, quanto a linguagem do sistema. Com base nesse assessment, foi definido que a melhor alternativa seria a reescrita das aplicações. 

A arquitetura modular de microsserviços e a utilização de práticas de clean architecture possibilitam a separação de responsabilidades e a integração de novas tecnologias com maior facilidade. Além disso,  permitem escalabilidade ao sistema, que pode ter suas camadas ajustadas ou evoluídas de forma independente. 

O que considerar na tomada de decisão para modernizar os sistemas da sua empresa?

Um dos grandes desafios atuais da gestão de TI são os sistemas monolíticos hospedados em servidores locais. Visto que, essas aplicações causam alto custo de infraestrutura, dificuldade de atualização e desafios na integração de novos recursos. Nesse sentido, para a tomada de decisão, é preciso considerar também os aspectos que essa mudança pode provocar na velocidade de resposta ao mercado, na redução dos custos para a empresa e na eficiência operacional da equipe. Conheça esses critérios em mais detalhes a seguir:

Velocidade de resposta ao mercado

Os sistemas monolíticos são lentos, difíceis de atualizar e fazer manutenção. Logo, se tornam uma muleta para a evolução dos negócios. Nesse sentido, empresas que desejam se manter competitivas precisam se modernizar para acompanhar as inovações tecnológicas. Por isso, manter aplicações que geram experiências negativas aos usuários ou não apresentam novos recursos e funcionalidades que acompanhem a tecnologia causam perda de espaço no mercado. 

Redução de custo

Essas aplicações legadas com infraestrutura local geram por si só um alto custo para atualização e dimensionamento. Nesse sentido, a estagnação, o retrabalho e os investimentos constantes podem ser reduzidos com a modernização desse sistema com arquiteturas mais enxutas, microsserviços e migração para a nuvem. Isso porque, ao migrar o sistema para a nuvem, a empresa ganha visibilidade de dados, redução de gastos com manutenção no servidor e espaço ilimitado para escalar. 

Além disso, a médio e longo prazo, a atualização desses sistemas traz aumento na produtividade, gera disponibilidade para novos recursos, ganho de competitividade e valor ao negócio na perspectiva do cliente. Todos esses fatores influenciam na redução de custos que a sua empresa precisa para escalar e alcançar novos patamares.

Eficiência Operacional

Os sistemas legados também causam desafios para a gestão no nível operacional. Isso porque, encontrar profissionais especializados em linguagens e servidores antigos é cada vez mais difícil. Além disso, a disputa com sistemas modernos lançados no mercado torna-se ineficiente para empresas que desejam evoluir nos negócios. A falta de possibilidades de inovação no sistema e de profissionais especializados em modelos antigos faz a eficiência operacional da empresa cair em comparação com outras empresas. Por isso, para ganhar agilidade operacional, escala dos negócios e competitividade no mercado, a decisão de modernizar os sistemas legados torna-se unânime.

Os sistemas legados da sua empresa se tornaram uma muleta para a evolução dos negócios? Conte seus desafios de infraestrutura e negócios e encontre soluções atuais junto com os especialistas da Objective!

três pessoas olhando e apontando para um computador com gráficos
Squads de Desenvolvimento Ágil Gerenciadas
Saiba mais >

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.