< Insights

Inadimplência no Brasil: entenda os impactos para o seu negócio

  • Billing e Faturamento Recorrente

A inadimplência é um dos grandes problemas que afetam a economia nacional — isso se dá tanto no cenário como um todo, quanto nas empresas e suas perspectivas de crescimento, de modo mais específico. Isso ocorre porque, infelizmente, esse é um problema crônico para 60% dos empresários, como aponta pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva.

Agora, com a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus, a tendência é que a situação se agrave ainda mais, principalmente, para quem lida com empresas B2B, já que os negócios que estão passando por problemas terão dificuldades para honrar com seus compromissos.

Ilustração de uma mão com um símbolo de dinheiro em cima, ao lado a informação "203% é o aumento no interesse da busca para "ajuda financeira"

Nesse contexto, é fundamental que os gestores financeiros tenham consciência da questão e entendam os impactos da inadimplência no Brasil para as organizações. Saiba mais a seguir.

Comprometimento do lucro

O lucro das empresas está diretamente ligado à rentabilidade. Ou seja, se menos clientes estão arcando com suas dívidas, menor será o valor entrando no seu caixa e, consequentemente, você terá que despender mais recursos para arcar com as contas básicas da empresa.

O resultado é um comprometimento da margem de lucro, que pode prejudicar o cumprimento das metas estabelecidas no planejamento estratégico para esse período. Isso exigirá um maior manejo dos gestores para lidar com a situação, já que precisará de modificar uma série de questões internas no negócio para reduzir custos e adequar a produção para o novo cenário, a fim de reduzir problemas.

Prejuízos à saúde financeira

Se o lucro fica consideravelmente abaixo do esperado, os problemas começam a ocorrer em efeito cascata, uma vez que isso prejudicará as contas próprias da sua empresa. Por exemplo, o fluxo de caixa pode ficar comprometido e, assim, exigir contar com reservas para acertos de contas e evitar a inadimplência da sua própria empresa.

Com isso, todo o planejamento realizado previamente pode ser lesado, pois incorrerá no corte gastos readequar estratégias, entre outros pontos importantes. Dependendo do índice de inadimplência, até mesmo essas mudanças ainda não serão o suficiente para deixar as contas no verde no final do período.

Redução das chances de obtenção de crédito

Outro efeito cascata da inadimplência em empresas diz respeito à redução das chances de obtenção de crédito. Afinal, se há menos pessoas pagando, a entrada de recursos em seu negócio é reduzida. Com isso, há mais chances de que você não honre a dívida e, consequentemente, os bancos e empresas de crédito não liberam facilmente os valores desejados.

Com isso, o negócio pode não obter os valores necessários para honrar as contas e, consequentemente, ele mesmo pode passar a endividar-se e gerar o processo de inadimplência com outros atores.

Processos ineficazes

O corte de gastos pode gerar processos ineficazes em sua empresa. Por exemplo, se há a necessidade de realizar a troca de máquinas para tornar a organização mais produtiva, e isso precisa ser paralisado diante do aumento dos índices de inadimplência, o negócio continuará continuará atuando com itens defasados, algo que pode estar comprometendo os processos internos.

Diante disso, observa-se a continuidade do efeito cascata: a queda de produtividade faz, também, com que a lucratividade seja reduzida, gerando ainda mais problemas para o negócio.

Falta de pagamento aos fornecedores

O desequilíbrio nas contas e a falta de crédito faz com que seja difícil honrar com os compromissos da empresa. Assim, a empresa pode também se tornar inadimplente — e justamente devido à inadimplência!

Nesse cenário, diante da necessidade em priorizar o funcionamento do negócio, podem haver problemas para arcar com o pagamento aos fornecedores, principalmente quando há um financiamento ou concessão de crédito da parte deles para o negócio.

Pode ser necessário, também, a troca dos fornecedores, que antes proporcionavam serviços e produtos de qualidade, para outros com valor mais em conta. Isso também pode gerar problemas maiores com quebras, perdas e defeitos.

Desvalorização da imagem do negócio

Cada um dos problemas anteriores gera, posteriormente, uma forte desvalorização da imagem do negócio no mercado. Afinal, a inadimplência dos seus clientes pode levar a problemas em sua própria empresa, o que corrobora para a desvalorização da imagem dela no mercado.

Perda de prestígio com os clientes

Uma empresa que tenha problemas financeiros deverá reduzir gastos importantes — por exemplo, trocar um fornecedor estratégico pode impactar a qualidade de produtos e, consequentemente, a experiência e percepção do cliente final.

Imagine um negócio na área de moda, que seja conhecido pela qualidade das peças. Com o aumento da inadimplência e a necessidade de reformular os fornecedores, opta-se por um tecido de qualidade inferior, perdendo o diferencial competitivo que o destacava no mercado.

Com tal mudança, seus clientes optarão por concorrentes que tenham o tecido de acordo com as expectativas deles e, assim, deixar a sua empresa como segunda opção.

Como você pôde perceber, a inadimplência no Brasil nas empresas gera profundos efeitos cascata. Desse modo, todos os locais são afetados, de forma mais branda ou severa (e, em alguns casos, pode significar até mesmo o fechamento precoce do negócio). Por isso, é fundamental observar formas de prevenir esse tipo de situação.

Para minimizar os problemas e impactos da inadimplência nas empresas, algumas dicas importantes que pode auxiliá-lo nisso são:

  • tenha uma gestão de pagamentos eficiente;
  • tenha uma política de análise de consumidores que seja eficiente;
  • tenha soluções de cobrança para lembrar ao seu cliente sobre a inadimplência;
  • inclua no planejamento financeiro um certo grau de inadimplência, para que seja possível articular soluções até uma determinada taxa. Com isso, diminui-se as chances de complicações e dores de cabeça para o negócio;
  • estabeleça um controle impecável financeiro;
  • automatize processos de cobrança;
  • tenha uma gestão de riscos eficiente;
  • não hesite em entrar com ações judiciais em relação à inadimplência, quando necessário, entre outros.

A inadimplência no Brasil é um assunto sério e delicado e é fundamental evitar as consequências graves dessa questão. Para conhecer mais sobre práticas reais de sucesso, assista ao vídeo “A inadimplência em meio a crise do Covid-19: a experiência de sucesso da Netserv”.

Gostou deste conteúdo sobre inadimplência no Brasil? Então compartilhe o post nas redes sociais e faça com que ele chegue aos seus colegas da área.

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.