< Insights

Gestão da inadimplência: melhores práticas para uma estratégia eficiente

  • Billing e Faturamento Recorrente

A gestão da inadimplência nas empresas nada mais é do que exercer um controle sobre o processo de faturamento, cobrança e pagamento das faturas pelos seus assinantes com objetivo de reduzir a falta de pagamento. A partir de uma boa gestão, é possível ter uma ampla visão do perfil desses consumidores e quais as ações mais poderosas para adotar em cada caso.

O desafio é grande, mas, de acordo com o Consultor de Telecom da Objective, Marcelo Pereira Barbosa, quando se trabalha com um time qualificado, tecnologias e metodologias adequadas, e melhores resultados são alcançados.

Neste post, você vai conferir outros pontos relevantes esclarecidos por ele sobre esse tema. Boa leitura!

Quais os maiores desafios para a gestão da inadimplência?

A saúde financeira da empresa é um elemento fundamental para a sua sobrevivência e um bom posicionamento no mercado.

A falta de controle interno, por exemplo, pode fazer com que os gestores demorem a enxergar o panorama de inadimplência e, consequentemente, colocar em prática as ações adequadas para corrigir ou minimizar o problema.

Nesse cenário, é importante ter em mente que o problema nem sempre está relacionado ao poder aquisitivo do cliente. Ele pode deixar de pagar a fatura porque tem alguma insatisfação com a qualidade do serviço, pela dificuldade em comunicar com a empresa, pelo fato de o seu boleto chegar depois da data de vencimento, entre outros motivos.

Somente quando há uma boa governança sobre o ciclo de faturamento, cobrança e arrecadação é que a empresa consegue administrar melhor esse risco. Além do mais, é preciso lidar com outros obstáculos, como:

  • recrutamento de profissionais capacitados;
  • análise do comportamento do cliente;
  • implementação de tecnologias e metodologias adequadas;
  • eficácia nas negociações das parcelas atrasadas, com o menor desperdício dos recursos financeiros para o crédito.

Quais as boas práticas da gestão de inadimplência?

O primeiro fator essencial para uma gestão da inadimplência eficiente é contar com pessoas que entendem muito da base e do negócio. É claro que uma boa plataforma de automação de processos representa um grande aliado na otimização de performance e resultados. Porém, nem o melhor dos sistemas vai funcionar bem se não for operado por pessoas capacitadas.

As melhores ferramentas de gestão de inadimplência normalmente oferecem inúmeras aplicabilidades e fornecem um grande volume de dados. Por isso, o sucesso da atividade depende de muita disciplina e equilíbrio.

É preciso ter uma metodologia adequada para extrair inteligência das informações coletadas, colocar em prática as ações certas e garantir o retorno esperado. Se não há profissionais qualificados para esse trabalho, os demais requisitos ficam sobrecarregados.

O conjunto de boas práticas começa com o estabelecimento de uma base de dados consistente. A partir daí, é preciso desenvolver um relatório capaz de apresentar todos os dados necessários para para fundamentar o estudo da inadimplência.

O próximo passo é entender o comportamento dessa base, do sistema, do setor operacional da empresa e como esses elementos se encaixam. Quando existe esse autoconhecimento, consegue-se extrair  inteligência dos relatórios e começar a entender o comportamento da base de clientes.

Ao final do processo é possível chegar à conclusão sobre onde existem problemas e começar a desenhar as ações adequadas para atacar a inadimplência. Ter ações específicas para esse grupo, como criar planos com mensalidades mais baixas para as negociações de crédito, é uma das possíveis soluções, dependendo do perfil identificado.

Lembrando que a coleta de feedback será decisiva para verificar se a sua estratégia realmente fez reduzir a inadimplência. No caso de uma resposta negativa, é importante extrair um relatório e redefinir ações para iniciar um novo ciclo.

Sistema de régua de cobrança

A régua de cobrança é a solução ideal para evitar desequilíbrios nas arrecadação da empresa. Isso porque o Sistema permite um eficiente canal de comunicação com a base de clientes inadimplentes e gera as informações necessárias para execução do trabalho de cobrança de modo padronizado e em total conformidade com as regras que se aplicam ao segmento de Telecom, bem como emite relatórios completos sobre o quadro de inadimplência.

Ao implementar esse tipo de ferramenta à rotina do negócio, a comunicação da dívida é feita por e-mail, telefone ou SMS, sem a necessidade de um departamento exclusivo para a função e com menos chances de erros.

Os níveis de inadimplência variam para cada setor, mas em média, pode-se dizer que estão em torno de 40% e 45%. No entanto, quando as tecnologias adequadas trabalham com um time qualificado, esse percentual pode cair para 20%.

Como a solução da Objective pode ajudar as empresas a reduzirem o índice de inadimplência?

Um dos grandes diferenciais do  NG Billing, da Objective, é a estabilidade. Todo seu processo da esteira de faturamento, cobrança e arrecadação apresenta um fluxo que funciona de forma robusta – o que aumenta a confiabilidade dos dados.

Outro ponto relevante é a riqueza na estrutura de dados do NG Billing. Isso permite que sejam gerados relatórios e uma gestão de dados bem rica — o gestor consegue entender melhor qual o perfil comportamental da base.

Além disso, o sistema da Objective também tem uma ferramenta conhecida como régua de cobrança. Esse recurso, a partir das informações coletadas, envia e-mails e mensagens SMS para os consumidores inadimplentes, e a tendência é que o WhatsApp também seja integrado nessa comunicação.

O NG Billing atende da melhor forma o setor de telecom, que é bastante regulamentado, com suas funcionalidades em conformidade com as portarias da ANATEL, que estipulam detalhadamente como essas operações devem ocorrer.

Por meio do NG Billing a empresa faz o bloqueio de sinal completamente automatizado às plataformas que controlam o aprovisionamento de sinal. Quando o cliente quita o débito, a ferramenta faz a liberação automaticamente, um grande diferencial em relação às concorrentes.

Para os fluxos de telefonia móvel e fixa, por exemplo, é determinado que, a partir do 5º dia de vencimento, a empresa pode comunicar o cliente sobre a existência de uma fatura em aberto. Ela também tem o direito de avisar na data do vencimento, no entanto, só pode reduzir a velocidade do serviço após 15 dias de inadimplência.

Vale destacar que o NG Billing atende todos esses parâmetros e a sua régua é 100% compatível com a normativa da ANATEL, contando com um sistema de cobrança bastante flexível. Assim, ela pode ser ajustada de acordo com a demanda de cada empresa.

Case de sucesso Hughes

Na Hughes, líder mundial no fornecimento de serviços de rede e tecnologia de comunicação via satélite, a gestão da inadimplência começou do zero. Era um modelo de startup com uma equipe reduzida, porém logo nos primeiros meses eles já contavam com um profissional focado nesse processo, um especialista na área de cobrança que começou a estruturar as informações.

Nas palavras de Marcelo: “A parceria da Hughes com Objective tem sido bem sucedida nos mais diversos aspectos do dia a dia, passando pelo NG Billing, operação dos processos de telecom, evolução das estratégias tecnológicas, construção da base BI. Apoiamos fortemente o sucesso e a excelência da Hughes em sua targetória de crescimento constante”.

Hoje, a Hughes tem um controle muito grande sobre a inadimplência — quem é, qual perfil, as ações que eles precisam tomar etc. Contudo, os resultados realmente significativos só começaram a surgir porque eles contavam com alguém experiente.

Segundo Marcelo, no caso da Hughes, foram construídos relatórios muito ricos que permitem que os gestores consigam olhar para esses dados e entender o que está acontecendo para, então, tomar as decisões mais acertadas.

A gestão da inadimplência é uma peça-chave para que uma empresa sobreviva no mercado. Quando você automatiza esse processo operacional há outras vantagens agregadas, como a redução de erros e de custos com atendimento.

Gostou do artigo? Agora que você já viu a importância da gestão da inadimplência e como a automatização desse processo é capaz de otimizar a performance do seu negócio, aproveite para entrar em contato com o nosso time de consultores e conheça as melhores soluções para o seu caso!

Insights do nosso time

Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.