< Insights

Economia de recorrência: entenda melhor e conheça os principais cases

  • Billing e Faturamento Recorrente

Uma das novas tendências mais comentadas da modernidade certamente é a economia de recorrência. Trata-se de um novo período, associado à chamada economia do acesso, de disponibilização de bens de uma maneira radicalmente diferente. Agora, as empresas precisarão ainda mais do apoio das soluções de tecnologia para automatizar processos, reduzir retrabalho e garantir menos erros.

Afinal, a recorrência consiste em modelo contínuo de cobrança dos clientes. Diante desse novo modelo, é imprescindível pensar em novas saídas e estratégias para avançar na transformação digital e se adaptar ao mercado. Se quiser saber mais sobre esse fenômeno e entender como obter os melhores resultados, acompanhe os tópicos a seguir.

O que é economia de recorrência?

A economia de recorrência é um tipo de organização das empresas e consumidores para estabelecer relações duradouras de consumo. Está atrelada à ideia de acesso, em que clientes não mais compram por algo e passam a deter a propriedade, mas, em contrapartida, pagam para acessar o bem como um serviço, por um tempo determinado.

Traduzindo em outras palavras: é um modelo de consumo baseado em pagamentos frequentes, periódicos. Isso pode ser mensal, trimestral, semestral ou anual. A ideia é oferecer valor agregado para o contratante e cuidar de sua experiência ao longo do tempo, de modo a solucionar seu problema continuamente. Nessa economia, cada cliente tem o poder de cancelar os serviços quando desejar.

A ideia da recorrência é tornar o pagamento mais simples para o usuário em uma frequência regular. A cada novo período, ele terá que renovar para usar. Geralmente, o usuário paga exatamente pelo que usa, de uma forma mais eficiente. Além disso, ele só precisa realmente cuidar do pagamento e acessar o produto, deixando aspectos periféricos para responsabilidade da provedora.

O que as empresas precisam

No ponto de vista da empresa, na economia da recorrência, é preciso contar com o apoio de ferramentas computacionais específicas, como um sistema de gestão, um sistema billing e um sistema que automatiza as cobranças e as notas fiscais geradas.

Desse modo, a companhia não precisará alocar colaboradores para gerar notas a cada novo período nem mesmo realizar cobranças por diversos meios, a fim de assegurar que o cliente realmente cumpra seu compromisso.

Também é fundamental que a organização ofereça uma ativação fluída e rápida. Para isso, é importante contar com uma solução automatizada e otimizada.

Do mesmo modo, é preciso contar com suporte de ferramentas inteligentes para emissão de boletos, cadastro de débito automático, bem como oferecimento de diferentes meios de pagamento que visam tornar a experiência do usuário mais satisfatória.

Os softwares também ajudam na gestão dos indicadores principais para esse tipo de negócio em dashboards: lifetime value, monthly recurring revenue, ticket médio por cliente, churn rate, customer success, entre outros.

Quais as vantagens para as empresas?

Veremos agora as principais vantagens da recorrência para uma empresa. Inicialmente, podemos destacar a diminuição no custo de aquisição do cliente. Ora, com o pagamento frequente, as taxas iniciais tendem a ser menores e a ativação é bem mais rápida.

Por isso, a organização consegue atrair mais pessoas para se tornar clientes de forma mais ágil e fluída, com uma jornada menos complexa do que o normal. O usuário pode até mesmo começar com um teste grátis para tentar adaptar-se ao uso da ferramenta. Assim, é muito mais fácil convencer as pessoas a darem o primeiro passo e contratar um plano.

Também podemos mencionar a maior previsibilidade de fluxo de caixa. A empresa já sabe que em todo novo período entra uma quantia pelo número de usuários ativos. Dessa forma, é possível estimar ações, realizar planejamentos e até mesmo negociar melhor com investidores, com uma visão proativa dos ganhos e dos recebíveis.

Por conta das soluções de gestão e automação, torna-se mais fácil combater a inadimplência no modelo da economia da recorrência. A organização consegue isso com cobranças automáticas, bem como diferentes métodos de compensação dos pagamentos, como já falamos.

Quais são os cases e novidades no setor?

Vamos agora conhecer alguns dos principais cases e novidades da economia da recorrência.

Audi

Um dos que se destacam atualmente é o programa da Audi. A empresa de automóveis começou a oferecer um plano de assinatura para compras de carros de luxo.

Com um valor por mês, o cliente já consegue abater IPVA, suporte 24 horas, licenciamento, seguro e manutenção — que se tornam responsabilidade da Audi. É possível rodar até 2.000 km com o carro a cada mês. As taxas mensais variam entre 9 mil a 13 mil, sendo que os carros custam mais de 400 mil.

Após um determinado prazo, o assinante consegue a opção de: comprar o veículo com condições especiais, devolver ou trocar por outro tipo para um novo período.

Itaú

Recentemente, o Itaú criou uma nova experiência para os seus consumidores. Eles conseguem financiar um iPhone novo e pagar por um determinado período as parcelas. O valor a ser pago é 70% do valor oficial. Os outros 30% terão que ser submetidos a uma escolha no final do pagamento.

Quando o período de pagament findar, a escolha é: adquirir um novo modelo e financiar novamente um produto mais avançado sem ter que pagar os 30%; devolver o iPhone pago, sem ter que arcar com os 30%; ou até mesmo ficar com o que foi comprado e compensar os 30%.

Na opção de adquirir um upgrade, o usuário continua em um modelo de pagamento recorrente, enquanto continua atualizado com as novas tendências.

Amazon

A Amazon modernizou o modelo de clube de assinatura para os livros virtuais (e-books) da empresa. Com o Kindle Unlimited, o usuário paga todo mês uma taxa simples e consegue acesso a diferentes livros gratuitamente para ler em seus dispositivos de preferência. Entretanto, existe um limite de livros que podem ser emprestados ao mesmo tempo, que são 10.

A economia de recorrência é uma realidade para o mercado atual. É fundamental entender como é possível avançar nesse sentido para oferecer experiências frequentes de qualidade para os usuários. O ideal é tentar convencer as pessoas a experimentar com testes grátis, de forma a conquistar a confiança deles no serviço.

Para ajudar sua companhia, a Objective oferece uma plataforma de billing, com soluções personalizadas para as suas necessidades, automação e integração. Assim, é viável garantir processos de cobrança e ativação ágeis e precisos, de modo a implementar a recorrência em sua organização.

Gostou do conteúdo? Continue acompanhando outras publicações do nosso blog!

Sugira um artigo

    Para enviar o formulário é necessário o aceite das políticas.

    Insights do nosso time

    Obtenha insights do nosso time de especialistas sobre metodologias de desenvolvimento de software, linguagens, tecnologia e muito mais para apoiar o seu time na operação e estratégia de negócio.